Oito são presos por tráfico de drogas durante operação em Lauro de Freitas


Oito suspeitos de tráfico de drogas foram presos durante uma operação deflagrada pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), na localidade de Lagoa Base, no município de Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador, na manhã desta sexta-feira (14).
De acordo com a Polícia Civil, a ação tinha como objetivo cumprir mandados de prisão contra uma quadrilha que agia na região. A operação, batizada de “Gate”, contou com a participação de 60 policiais. 

Segundo a polícia, foram presos João Carlos Brito de Araújo, conhecido como Joãozinho, de 23 anos; a irmã dele, identificada como Emanoela Carla Brito de Araújo, de 24; Daniele Macêdo de Oliveira Gomes, de 31; Ivalson Luís Portela Maia Júnior, conhecido como Juninho, de 21; Giovâni Noronha Teixeira, conhecido como Gordo ou Popó, de 33; José Almeida do Nascimento Filho, chamado de Almeida, de 48; Janderson Souza dos Santos, conhecido como JanJan, de 21; e Luan de Souza Gomes, chamado de Preá, de 22. 

Conforme a polícia, com os suspeitos foram apreendidos um revólver calibre 38, uma pistola 380, munição, 2 kg de cocaína, nove papelotes de maconha e mil reais em espécie. Todos foram encaminhados para o sistema prisional, onde estão à disposição da Justiça. As drogas e as armas foram levadas para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), informou a polícia. 

Ainda de acordo com a polícia, um dos mandados, expedido contra Wilton Freire Bonfim Magalhães Junior, conhecido como Dupão, de 22 anos, foi cumprido na cadeia pública, onde ele já estava preso, também por tráfico. 

A polícia informou que João Carlos era o líder dos suspeitos e a irmã dele, Emanoela Carla cuidava das finanças da quadrilha, juntamente com Daniele Macêdo. O armazenamento da droga era de responsabilidade de Ivalson Luís. Giovâni Noronha era responsável pelo armazenamento das drogas. José Almeida fazia o transporte e cobrava dívidas e Janderson Souza distribuía os entorpecentes. O gerente dos pontos de venda de drogas era Luan de Souza. 

Deixe Seu Comentário