Quase 49 mil eleitores de Irecê e região poderão perder o Bolsa Família se não realizarem o recadastramento Biométrico

Quase 49 mil eleitores de Irecê e região poderão perder o Bolsa Família se não realizarem o recadastramento Biométrico

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) alerta aos quase 49 mil eleitores dos municípios de Irecê, Presidente Dutra e São Gabriel, que ainda não realizaram o recadastramento biométrico, sobre os prejuízos ocasionados pelo cancelamento do título. Dentre eles, a suspensão do pagamento do Bolsa Família e outros benefícios do Governo Federal. A sanção é prevista pelo Código Eleitoral, artigo 7º.

Nas três cidades, a biometria está em fase obrigatória e o eleitor que não realizar o procedimento terá o título cancelado. Além disso, o cidadão terá problemas para emissão e manutenção de passaporte, não receberá aposentadoria ou pensão paga pelo Governo Federal, não poderá realizar matrícula em instituição de ensino superior e será impedido de tomar posse em cargo público, além de outras restrições.

Em Irecê, dos 45.794 eleitores, apenas 13.388 (29,23%) realizaram o recadastramento. No município de Presidente Dutra, dos 11.047 eleitores, somente 4.662 (42,20%) fizeram a biometria. Já em São Gabriel, colégio eleitoral com 15.389 eleitores aptos, apenas 5.428 (35,27%) procuraram o posto de atendimento e realizaram o recadastramento biométrico.

Somando as três cidades, o número de eleitores é de 72.230, mas apenas 23.477 (32,50%) realizaram o recadastramento. Com isso, 48.753 pessoas precisam realizar o procedimento para evitar o cancelamento do título e garantir o direito ao voto, já a partir das Eleições 2018.(Fonte: TRE-BA)

Saiba onde pode ser feito o recadastramento biométrico nas cidades:

recadastramento

Veja quais documentos são necessários para a realização do recadastramento biométrico

Deixe Seu Comentário