Atividade turística cresce em 17 municípios baianos

Atividade turística cresce em 17 municípios baianos

A atividade turística cresceu em 17 municípios baianos. A informação é do Ministério do Turismo (MTur), que divulgou a nova categorização das cidades integrantes do Mapa do Turismo Brasileiro. A avaliação leva em conta as variáveis do desempenho econômico, como o número de empregos, de estabelecimentos formais no setor de hospedagem e também os fluxos turísticos, doméstico e internacional.

Os avanços no desenvolvimento da economia do turismo foram constatados em Lauro de Freitas (RMS), Santa Cruz Cabrália e Teixeira de Freitas (extremo sul), que alcançaram a categoria ‘B’. Os municípios de Adustina (nordeste), Aratuípe (RMS), Ibicoara (centro sul), Ibotirama (Vale do São Francisco), Mucugê, Palmeiras (Chapada Diamantina) e Uruçuca (sul) foram elevados à categoria ‘C’. Esplanada (nordeste), Formosa do Rio Preto (extremo oeste), Gentio do Ouro, Pindobaçu, (centro norte), Itanhém (sul), Planaltino (centro sul) e Sento Sé (vale do São Francisco) pertencem agora à classe D’.

Os municípios foram classificados de acordo com o desempenho registrado em pesquisas dos ministérios do Turismo e do Trabalho. Estão reunidos em uma mesma categoria cidades que possuem características semelhantes, para fins de atendimento nas áreas de infraestrutura, qualificação de serviços, entre outros.

Atividade turística cresce em 17 municípios baianos

A Secretaria do Turismo do Estado (Setur) tem incentivado os municípios a atender às orientações do MTur, com o propósito de facilitar a integração com as políticas de desenvolvimento do setor. “O mapa contempla destinos consolidados (Salvador, Porto Seguro, Cairu e Mata de São João) e aqueles que possuem grande potencial para crescer, a exemplo de Santa Cruz Cabrália, Mucugê e Esplanada, ratificando o nosso trabalho para a expansão da atividade turística”, afirma o secretário José Alves.

A classificação beneficia os municípios turísticos da Bahia, que podem pleitear investimentos federais para implantação e melhoria da infraestrutura turística, além de apoio financeiro para a realização de eventos geradores de fluxo turístico. A Bahia elevou para 150 o total de municípios no mapa turístico consolidado pelo MTur em setembro do ano passado – antes eram 118. Com quase 20% do número de cidades turísticas do Nordeste (ao todo são 758), o estado é líder da região.

Fonte: Ascom/Secretaria do Turismo do Estado (Setur)

Deixe Seu Comentário