Policlínica de Irecê completa um ano e comemora com Feira de Saúde

Policlínica de Irecê completa um ano e comemora com Feira de Saúde

Com um ano de funcionamento, completados esta semana, a Policlínica Regional de Saúde de Irecê contabilizou, até o mês de novembro, um total de 58.142 atendimentos realizados, sendo 26.117 consultas especializadas e 32.025 exames, constituindo-se na policlínica regional responsável pelo maior número de atendimentos mensais. Para marcar a passagem da data, será realizada no próximo dia 13, quinta-feira, uma Feira de Saúde, com a oferta de diversos serviços que não são ofertados na rotina, exemplo de odontologia. O evento, que acontecerá durante todo o dia, atenderá prioritariamente à população dos municípios consorciados.

A Policlínica Regional de Irecê responde pelo atendimento à população de 25 municípios da Região Centro Norte do Estado, com uma cobertura de 572.644 habitantes. Avaliada positivamente pelos usuários dos serviços de saúde, a Policlínica é gerida pelo Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região de Irecê e é voltada para o atendimento assistencial de média e alta complexidade da atenção secundária da saúde.

O diretor da policlínica, Fernando Luiz Failla, considera os resultados alcançados pela policlínica “bastante satisfatórios, com um grande quantitativo de atendimentos realizados”. Ele acrescenta que a meta pata 2019 é melhorar a qualidade da assistência prestada.

O acesso à Policlínica é feito a partir da Estratégia de Saúde da Família de cada município. “A população vai procurar o médico na atenção básica. Se o profissional identificar a necessidade por um especialista ou exame, fará o encaminhamento. Desta forma o paciente já vai com o seu horário agendado”, pontua o diretor.

PROCEDIMENTOS

Além dos exames e consultas, a unidade também realiza procedimentos cirúrgicos de pequeno porte, coleta de material para biópsia e realização da análise patológica, através de laboratório terceirizado.

Para o funcionamento da policlínica foram investidos R$ 25 milhões. A gestão, assim como das demais policlínicas, é feita de forma conjunta, entre o Governo do Estado e os Consórcios de Saúde, formados pelos municípios da região interessados em dividir os custos com a assistência à população. O atendimento é agendado pelas secretarias municipais e quem vive fora do município em que foi construída a policlínica conta com micro-ônibus faz o traslado gratuitamente, para levar o paciente do município até a unidade e depois no retorno para casa.

DESCENTRALIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA

A manutenção mensal da unidade é dividida entre Estado, responsável por 40%, e os municípios consorciados, que rateiam os 60% restantes. “A abertura da unidade em Irecê foi um dos passos para a descentralização da saúde na Bahia”, afirma o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, acrescentando que a policlínica presta um serviço ambulatorial especializado de forma humanizada, conforme todas as diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Além da de Irecê, outras sete policlínicas já estão em funcionamento. Ao todo, as oito unidades inauguradas na Bahia entre final de 2017 e primeiro semestre de 2018, somam mais de 250 mil atendimentos a cidadãos das regiões de Guanambi, Jequié, Irecê, Alagoinhas, Feira de Santana, Valença, Santo Antônio de Jesus e Teixeira de Freitas. Outras 10 policlínicas estão em construção nos municípios de Salvador, Barreiras, Itabuna, Jacobina, Juazeiro, Paulo Afonso, São Francisco do Conde, Simões Filho e Vitória da Conquista.

A policlínica está apta para realizar exames de colonoscopia, eletrocardiograma, ecocardiograma, endoscopia digestiva alta, holter, mamografia, radiografia, ressonância magnética, tomografia, Mapa, ultrassonografia, entre outros. A equipe médica é formada profissionais das áreas de angiologia, cirurgia-geral, endocrinologia, gastroenterologia, ginecologia, mastologia, oftalmologia, neuropediatria, ortopedia, pneumologia, reumatologia, dermatologia.

Além dos atendimentos com médicos, os pacientes têm acesso a atendimento com outros profissionais. São realizadas dez consultas de psicologia e nutrição. A policlínica ainda faz trabalhos educativos. São realizadas palestras com orientações de saúde.

Para a população que não reside em Irecê estão sendo disponibilizados micro-ônibus especiais que fazem o deslocamento dos pacientes dos municípios consorciados. A Policlínica Regional de Irecê tem os seguintes municípios consorciados: America Dourada, Barra, Barra do Mendes, Barro Alto, Bonito, Buritirama, Cafarnaum, Canarana, Central, Gentio do Ouro, Ibipeba, Ibititá, Ierecê, Itaguaçu da Bahia, João Dourado, Jussara, Lapão, Mulungu do Morro, Morro do Chapéu, Presidente Dutra, São Gabriel, Souto Soares, Tapiramutá, Uibaí, Xique-Xique.

Deixe Seu Comentário